Postagem pela TAG "Dica da Consultora"


Outono é um estação que deixa a gente na dúvida do que vestir. Por ser uma época que ainda não faz frio de verdade e o calor ainda não foi embora por completo, em algumas situações a escolha pela produção torna-se um martírio, principalmente, agora, que as estações não são muito bem definidas, né?

O dilema sempre gira em torno de “roupa mais quente ou mais fresca” e a resposta é: nem uma, nem outra. A tal da “meia estação” me deixa louca! Você não? Saio de casa agasalhada, sofro com o calor no meio da tarde e lá vem a noite trazendo o frio de novo.

Claro que cada ocasião pede um tipo de produção e cada um tem seu estilo, mas é sempre bom pensar em uma opção versátil, porque ninguém volta em casa pra trocar de roupa pra se adequar ao clima.

O velho e bom lenço (ou echarpe) é uma ótima opção, já que é fácil tirar e colocar de acordo com a temperatura do dia, e fica um charme amarrado na bolsa, caso o calor venha com força total.

O cardigan também é um peça bem interessante para essa época. Opte pelos modelos em tecidos mais leves, assim ele aquece na medida, nem muito, nem pouco, do jeito que a tal “meia estação” pede.

Crédito imagens: Pinterest, Luisa Accorsi, Dicas de Mulher







Nunca fui de cuidar muito do cabelo, por preguiça mesmo. Mas, de uns tempos pra cá,  usando tintura pra deixar as madeixas ruivas já a quase 3 anos, decidi que era mais que necessário começar a dar um trato, afinal, além da cor desbotar com facilidade, a química detona os fios também.

Nesse processo, comecei a hidratar em casa pelo menos 2 vezes na semana e uma vez por mês no salão. Como lavo a cabeça praticamente todos os dias por conta da academia, tá sendo mais um motivo pra esse cuidado especial. E nesse tempo mais frio, usar o secador é quase uma obrigação, porque dormir de cabelo molhado não rola. Foi aí que recebi a indicação da cabeleireira de um produto para proteger os fios das altas temperaturas, evitando os danos que esse processo causa, assim como a chapinha e o babyliss.

O protetor térmico que estou usando é um leave-in com alto poder condicionante e defrisante, que sela as cutículas e atua na reconstrução capilar. Existem várias marcas, mas quem quiser o mesmo que uso, é da Lowell.

Ah! Lembrando quer pode ser aplicado nos cabelos lisos e cacheados também.

Beijos

Lu Caram (@sejaautentica)

Crédito imagens: Papo de Cosmético, Espaço Perfil, Bistro da Beleza, Boa Forma, Penteados Mulheres 2018







A gente já sabe que assim como as roupas, maquiagem e esmaltes também mudam para acompanhar cada estação, né? Afinal, eles são complementos fundamentais nos cuidados com a imagem pessoal, e claro, carregam neles a pitada de estilo que falta na hora de finalizar uma produção.

Muita gente opta por tons neutros nas roupas para apostar nas cores fortes nos esmaltes e vice-versa, o que é bem legal para equilibrar o visual. Não existem regras, tem que usar o que combina com você naquele momento de vida ou praquela situação em especial. O melhor de tudo é poder escolher entre as mil e uma opções de cores que chegam no mercado a cada estação, então, vamos conhecer o que veio para o outono/inverno esse ano!

 

O rosa blush, sucesso em roupas, acessórios e na maquiagem, agora é também o novo queridinho nos salões de beleza em todas as intensidades. A coleção que tá bombando é a DNA Italy Blusing Nails. Como não amar?

O clássico das estações frias, o vermelho, vem em tonalidades bem fechadas e escuras, que ficam entre o marsala e o uva, o que nos leva ao roxo eleito pela Pantone como a cor do ano 2018, o Ultraviolet.

O preto já é tendência faz tempo e continua firme! Quem chega com ousadia é o azul e o cinza, em vários tons e intensidades, desde o clarinho ao mais fechado, metalizados, cremosos ou foscos.

Eu tô bem na vibe dos cinzas e pretos, mas fiquei bem apaixonada pela coleção Blusing Nails. Qual vai ser a sua aposta para a estação?

Beijos,

Lu Caram (@sejaautentica)

Crédito fonte: MSN, BelaSis
Crédito imagens: Bela Belleza Cosméticos, Pinterest, Pointless Cafe







Atendendo a pedidos, fiz uma seleção de looks para quem quer descer do salto sem deixar de lado o estilo pessoal. Atualmente, temos tantas opções interessantes para substituir os saltos, que dá pra ir do trabalho à balada com o mesmo charme.

Por um lado, deixar os saltos de lado um pouco faz até bem pra saúde. Caminhar sobre saltos exige um esforço maior de todo o corpo, podendo causar problemas no joelho, coluna e encurtamentos musculares da perna. É recomendado fazer alongamentos e fortalecer os músculos da perna,
glúteos e lombar, sabia?

Vamos aproveitar a moda a nosso favor e nos inspirar nas produções sem salto. Eu já aderi!

Beijo,

Lu Caram

Crédito imagens: Pinterest, FashionTag, Glamour, InStyle, Popsugar, Chic Front丨Supreme Shoes & Bags







© 2014 PartyStyle.

Todos direitos reservados.

Desenvolvido pela